PREFEITO VALMIR REBATE CRÍTICAS SOBRE ENVIO DE PACIENTES DE ITAITUBA PARA SANTARÉM

A informação gerou certa discussão e acabou criando um clima de desconforto, especialmente em famílias que têm pacientes em tratamento na cidade de Santarém. O prefeito Valmir Climaco teve acesso a um vídeo publicado em um blog de notícias em que a Prefeitura de Itaituba é acusada de simplesmente mandar pacientes para Santarém, sem as condições necessárias de acomodação e custeio de despesas. Valmir reagiu à informação, acrescentando que o assunto teria sido reforçado pelo vice-prefeito de Santarém, fazendo a mesma acusação contra Itaituba.

O prefeito Valmir Climaco, então, apresentou os números da compactuação, um procedimento legal, autorizado pelo Ministério da Saúde para quando o município não contar com as especialidades médicas necessárias para determinados quadros clínicos. De acordo com os números da Secretaria de Saúde de Itaituba, são repassados para Santarém, anualmente, R$ 657.389,50 para atendimento ambulatorial, e R$ 273.983,86 para atendimento hospitalar, perfazendo o total de pouco mais de R$ 931.372 reais. O dinheiro é repassado pelo Ministério da Saúde, diretamente para a Secretaria de Saúde de Santarém, para bancar o atendimento dos pacientes de Itaituba, que são encaminhados por TFD, a guia de Tratamento Fora de Domicílio.

Em entrevista coletiva, Valmir rebateu as críticas, segundo ele, com base nas informações práticas às quais todas as secretarias de interior têm acesso. “Além do mais, o Hospital Regional não é de Santarém, é ‘do Baixo Amazonas’, e eu desafio a quem apresentar qualquer documento ou prova de que nós, aqui de Itaituba, estamos enviando pacientes via TFD, sem obedecer a todos os critérios do Ministério da Saúde. Pra finalizar, eu digo e afirmo, nós não dependemos de Santarém. Se enviamos pacientes para lá e eles têm que passar pelo Hospital Municipal, é porque a regulação é feita pelo Hospital. Isso não sou eu quem criou; isso é o Sistema Único de Saúde. Se alguém quer criticar, faça uma crítica responsável e consciente, não de forma a querer criar um clima. Não é assim que trabalhamos”, pontua o prefeito Valmir Climaco.

Mauro Torres

127 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

Hora Mais WhatsApp Chat
Chame via WhatsApp