REFLEXÃO: AS 3 PENEIRAS

Um rapaz procurou Sócrates e disse-lhe que precisava contar algo sobre alguém. Sócrates ergueu os olhos do livro que estava lendo e perguntou:

– O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?

– Três peneiras? – indagou o rapaz.

– Sim! A primeira peneira é a VERDADE. O que você quer me contar dos outros é um fato? Caso tenha ouvido falar, mas não tem certeza da sua veracidade, a coisa deve morrer aqui mesmo.

– Suponhamos que seja verdade. Deve, então, passar pela segunda peneira: a BONDADE. O que você vai contar é uma coisa boa? Ajuda a construir ou destruir o caminho, a fama do próximo?

– Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, deverá passar ainda pela terceira peneira: a NECESSIDADE. Convém contar? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?

Arremata Sócrates:

– Se passou pelas três peneiras, conte! Tanto eu, como você iremos nos beneficiar. Caso contrário, esqueça e enterre tudo!

Peneiras da sabedoria

14 total views, 1 views today

Vitorina Lago

Possui graduação em Pedagogia pela universidade estadual vale do acaraú, especialista em Pedagogia Escolar: administração, orientação e supervisão, Pós graduanda em Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional, atuou como vice-diretora da escola São Francisco das Chagas de 2013 a 2015, orientadora de estudos do Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa - Pnaic - MEC, de 2013 a 2016, professora concursada da Prefeitura Municipal de Itaituba, diretora do Centro Infantil Pequeno Príncipe de 2015 A 2017, atualmente Professora de Apoio Especializado na escola Professora Maria Oliveira de Mendonça e Supervisora no Programa Institucional de Iniciação à Docência- Pibid.

Deixe uma resposta

Hora Mais WhatsApp Chat
Chame via WhatsApp